Bem vindos ao Espaço Saúde Granjardim
Consultórios para profissionais da saúde na Granja Viana
(11) 4702-6652 / 4702-6781 contato@espacosaudegranjardim.com.br

Somos dependentes das telas, certo?

Nos tempos atuais é praticamente impossível passar o dia sem olhar a tela da televisão, do computador ou do celular. O brasileiro fica conectado em média 3 horas e 14 minutos por dia com o celular, segundo pesquisa recentemente divulgada pela Associação de Marketing Móvel. Entre os jovens, a média é ainda maior: 4 horas.

E o uso excessivo desses aparelhos eletrônicos  têm aumentado a incidência de problemas de visão.

O problema mais frequente é a Síndrome da Vista Cansada. Quando não piscamos, a córnea fica hipersensível e gera sintomas como fadiga visual, irritação, olhos vermelhos, coceira, ardor e lacrimejamento. Se os sintomas prevalecem por muito tempo, podem ocorrer inflamações, ulcerações e até perda visual gradativa.

Além disso, os aparelhos eletrônicos emitem uma luz azul violeta que pode provocar doenças oculares irreversíveis devido ao efeito da radiação por toxicidade em área nobre da visão, chamada mácula, localizada na retina.

Para manter uma boa lubrificação, deve-se piscar em torno de 15 vezes por minuto. Essa situação cai para 4 ou 5 vezes por minuto quando estamos na frente das telas.

Dicas para amenizar os riscos de problemas oftamológicos:

  1. Pausa a cada duas horas de uso. Sempre procurar olhar para um ponto distante ou pela janela.
  2. Regular o brilho da tela de acordo com a luminosidade local. Ambientes escuros não devem ter alto brilho no display do celular. Smartphones mais modernos possuem um recurso chamado “night shift“, que ajusta a temperatura da cor da tela.
  3. Procurar piscar mais.
  4. Evitar ar condicionado ou ventilador direto sobre o rosto pois desidratam os olhos.
  5. A distância ideal para assistir TV deve ser de no mínimo 2 metros.
  6. Monitores e telas acima da linha do olhar devem ser evitados, pois podem provocar um ressecamento maior, já que nesta posição é preciso manter os olhos mais abertos.