Bem vindos ao Espaço Saúde Granjardim
Consultórios para profissionais da saúde na Granja Viana
(11) 4702-6652 / 4702-6781 contato@espacosaudegranjardim.com.br
Doenças que mais Afetam Os Homens

Quando você pensa em saúde do homem, o que vem à cabeça?

Quantos homens você conhece que realizam exames e consultas médicas sem estarem doentes?

A saúde do homem por muito tempo foi negligenciada; pelos próprios homens.

A má alimentação, aliada à falta de exercícios físicos, uma vida sedentária e hábitos de vida nada saudáveis, podem deixar o organismo dos homens como uma bomba relógio prestes a explodir!

Pequenas mudanças podem transformar o seu futuro.

Então veja aqui quais são as doenças que mais afetam os homens.

Não deixe de ler e compartilhar!!

Saúde Do Homem e as Doenças

1-Doença Cardiovascular

A doença cardiovascular é um dos problemas de saúde que mais afeta a saúde do homem, e que pode ser fatal. Conhecida pelos médicos como aterosclerose, que em outras palavras quer dizer: ” endurecimento das artérias”.

A doença cardiovascular consiste no desenvolvimento de placas de colesterol que bloqueiam as artérias no coração e no cérebro, de forma gradual.

Com esses bloqueios os coágulos de sangue se formam, e impedem o fluxo sanguíneo normal, o que pode ocasionar em um ataque cardíaco (Infarto Agudo do Miocárdio) ou um Acidente Vascular Cerebral – AVC.

2-Câncer De Pulmão

Na maioria dos casos, as doenças pulmonares podem se iniciar como um simples sintoma de tosse, mas que podem se desenvolver em um Câncer de Pulmão ou Enfisema.

Um dos grandes responsáveis pelo Câncer de Pulmão é o tabagismo.

Ele pode ser extremamente agressivo e se tornar metastático, ou seja, se espalhar para outras áreas do corpo.

3-Câncer De Próstata

O Câncer de Próstata é o câncer mais comum entre os homens, e só perde para o câncer de pele.
Ele pode ser tratado, porém, o seu tratamento pode causar alguns efeitos colaterais como impotência sexual e incontinência urinária masculina. Por isso a prevenção é importante.

4-Depressão E Suicídio

O suicídio entre os homens aumentou em grande parte nos últimos anos.

Pode estar relacionada à depressão, e ainda falta informação e incentivo para os homens buscarem apoio psicológico.

O Suicídio é a oitava maior causa de morte entre os homens.

Não se trata de apenas uma tristeza passageira ou coisa de adolescente. Na realidade é um distúrbio emocional grave que precisa ser tratado.

A depressão afeta a saúde emocional e o corpo em geral, podendo baixar a imunidade do organismo e abrir portas para outros problemas de saúde.
Uma pesquisa afirma que a depressão pode ser um motivo ou estímulo para problemas do coração.

Os homens com depressão, apresentam geralmente sintomas diferentes do que os especialistas observam nas pacientes do gênero feminino.
Como: irritação, agressividade ou raiva que podem tentar camuflar o real problema de saúde.

Em todo caso busque ajuda de um especialista, mesmo que os sintomas da depressão não sejam visíveis.

5-Diabetes

O Diabetes pode agir de forma silenciosa no início, por isso preste atenção se você perceber que sente mais sede que o normal ou se aumentou de forma desproporcional a quantidade de urina por dia.

O diabetes, se não for identificado e bem controlado, gera, ao longo do tempo, maior risco para acidentes vasculares cerebrais, cegueira, insuficiência renal, amputações de membros e até ataques cardíacos.

O sobrepeso e a obesidade são os grandes responsáveis por grande parte dos casos da doença.

6-Disfunção Erétil

Não é considerada uma doença fatal, porém, ainda assim muitos homens sofrem com esse problema. A disfunção erétil ou a ejaculação precoce podem causar depressão, ansiedade, diminuir a auto-estima, afetar a vida social e profissional.

Ela também é causada em algumas situações pela aterosclerose, diabetes, tabagismo, obesidade e dislipidemias.

Muitos médicos acreditam que a ejaculação precoce pode ser um sinal de problemas cardiovasculares futuros.

7-Doença Hepática

A bom funcionamento do fígado é extremamente importante, pois ele realiza atividades como de digerir alimentos, absorver os nutrientes e ainda se livrar de agentes que podem prejudicar o seu organismo.

Entre as doenças hepáticas estão: Cirrose, Doença Hepática Alcoólica, Câncer de Fígado, Hepatite Viral, Doença Hepática autoimune ou genética.

A doença hepática pode ser provocada pelo consumo exagerado de tabaco e álcool.

8-Câncer De Pele

Considerado o câncer que mais afeta aos homens e que precisa de atenção redobrada.

Para prevenir o surgimento desse câncer dê atenção à proteção da pele, tanto com o uso de protetores solares, como evitando a exposição ao sol durantes os horários mais críticos do dia, além de submeter ao bronzeamento artificial.

9-Aids Ou HIV

Essa é outra doença que afeta muito os homens.

Como a Aids ou o HIV pode ser confundido com um simples resfriado ou gripe (quadro crônico), muitas vezes pode passar despercebida a presença dessa doença tão perigosa.

Outro grande problema dessa doença é que você pode infectar outras pessoas, sem demonstrar os sintomas mais graves da doença.

O vírus afeta o sistema imunológico e o ataca, sem que o organismo consiga destruí-lo.

Nem mesmo os sintomas são todos iguais, por isso a infecção pode se disseminar.

A forma de contágio pode acontecer com o contato com o sangue contagiado, fluídos vaginais ou sêmen.

O sexo desprotegido sem o uso de preservativos, é uma forma poderosa de contágio.

 

Fonte: Dr. Márcio Ferraz

 

A importância das consultas rotineiras no diagnóstico do câncer de próstata

De maneira geral, a ida ao urologista está condicionada ao surgimento de sintomas até a idade adulta. A maioria das Sociedades Médicas aponta que o rastreamento do câncer de próstata deve ser realizado após os 50 anos de idade na população em geral e aos 45 anos em homens com fatores de risco associados, como histórico familiar do câncer de próstata e em pacientes da raça negra, onde o câncer pode ser mais precoce e agressivo.

Apesar de não existir recomendações diretas é comum a ida de pacientes ao urologista antes do início da atividade sexual. Muitos destes adolescentes buscam informações sobre as questões ligadas a atividade sexual, e neste momento se faz importante, pela consulta com o urologista, a introdução sobre conceitos ligados aos cuidados de saúde e prevenções de doenças sexualmente transmissíveis. Outra época onde é comum a busca ao urologista é para a realização de exames pré-nupciais, que incluem normalmente o espermograma e rastreamento de DSTs.

O urologista deve se colocar como um profissional com contato direto com a população masculina e desta forma orientá-lo na realização de exames preventivos, mesmo aqueles não relacionados aos sintomas urogenitais, orientando inclusive a ida a outros profissionais quando necessário. Também é importante ter em mente que alguns sintomas urológicos, como por exemplo, a disfunção erétil pode ser o reflexo de condições sistêmicas, como a hipertensão, insuficiência renal ou diabetes e devem ser pesquisados com rigor.

Os avanços da medicina podem ser considerados significativos, entretanto, só podem favorecer os homens que visitam regularmente os médicos com periodicidade, antes de estarem sentindo que a saúde está comprometida. O primeiro passo é a prevenção de qualquer tipo de doença. O urologista é o profissional médico capacitado a lidar com as questões masculinas em todas as faixas etárias e pode ser considerado o médico do homem, em comparação ao ginecologista com relação à mulher.

Quando procurar um urologista

A urologia é uma especialidade médica que cuida do trato urinário do homem, das mulheres e de todo o sistema reprodutor masculino no que envolve testículo, epidídimos, ducto deferente, vesículas seminais, próstata e pênis. Além disso, o urologista se preocupa com os cuidados dos seguintes órgãos: rins, ureteres, bexiga, urina, uretra e todos os órgão do sistema reprodutor masculino.

As patologias que mais levam os homens a procurar tratamento médico em urologia, são:

Câncer de Próstata
É um dos cânceres que mais atinge os homens no mundo. Para o tratamento, quanto mais cedo iniciar, maior a chance de cura. O toque retal é o exame indicado e deve ser feito prioritariamente nos homens depois dos 40 anos. Essa é a forma mais simples de se detectar o câncer de próstata, que se descoberto no início, tem as chances de cura aumentadas em 100%.

Disfunção Erétil
A disfunção erétil consiste na incapacidade de manter uma ereção do pênis por tempo suficiente para a prática de uma relação sexual. O paciente deve procurar por um urologista para o tratamento da disfunção para descobrir a causa, que pode ser desde problemas psicológicos e orgânicos e em alguns casos a combinação dos dois. Assim, o tratamento urológico vai direcionar o paciente para o tratamento mais adequado.

Hiperplasia Benigna da Próstata (HBP)
Essa doença consiste no crescimento benigno da glândula que ao crescer pressiona o canal uretral, causando dificuldades nas micções. Em alguns casos mais graves, o problema impede o transporte de urina até a bexiga. A HBP atinge mais os homens após os 40 anos de idade. Embora não tenha ligação com o Câncer de Próstata, pode ocorrer ao mesmo tempo.