Bem vindos ao Espaço Saúde Granjardim
Consultórios para profissionais da saúde na Granja Viana
(11) 4702-6652 / 4702-6781 contato@espacosaudegranjardim.com.br
Bebê recebe toque suave de microfisioterapia
Microfisioterapia para bebês

A microfisioterapia pode ser utilizada em bebês recém-nascidos para auxiliar no tratamento de irritabilidade e dificuldade para dormir

Durante os 9 meses de gestação, a vida segue com suas alegrias e dificuldades. E todos os sentimentos que a futura mamãe experimenta durante a gravidez, inclusive os medos e a ansiedade, são compartilhados com o bebê. Inclusive, pesquisas mostram que bebês que são rejeitados na barriga são candidatos a sérios distúrbios psicológicos no decorrer da vida.

Não é telepatia. Os bebês são ligados à mãe pelo cordão umbilical e situações de estresse liberam substâncias que são transmitidas quimicamente por hormônios que acabam afetando o feto. Segundo estudos, a partir do segundo mês de gestação o bebê já reage aos estímulos hormonais e, depois do quarto mês, ele já reage a sons e começa a criar um vínculo afetivo com a mãe. Ou seja, alguns bloqueios que carregamos podem ter origem ainda no ventre.

Os benefícios da microfisioterapia para recém-nascidos

A microfisioterapia pode ser utilizada para tratar traumas que o bebê possa ter sofrido tanto na vida intraútero como durante parto ou no início da vida. A técnica busca na memória celular a origem do problema. Durante a sessão, o profissional usa toques sutis na pele para identificar o que gerou o trauma e estimula o corpo do bebê até achar a cicatriz do problema, com o intuito de despertar mecanismos de autocorreção.

Não são só os bebês que nasceram de uma gestação conturbada que se beneficiam com a técnica. A microfisioterapia para bebês também pode auxiliar a controlar sintomas em problemas comuns do início da vida, como alteração do sono, cólicas, refluxo, alterações emocionais, ausência de apetite, constipação, alergia, entre outros. Não há contraindicações nem idade recomendada para iniciar o tratamento.

A sessão dura de 30 minutos até no máximo 1 hora e a extensão do tratamento é determinada pelo profissional e pode variar de acordo com o caso. É normal que o bebê tenha reações como cansaço e sono após a consulta. Geralmente, são realizados intervalos de 30 a 60 dias entre as consultas para que o corpo consiga promover a autocorreção, porém os resultados já podem ser observados a partir da primeira sessão.

Fonte: Sandra Chung
Fisioterapeuta
Especialista em Microfisioterapia