Bem vindos ao Espaço Saúde Granjardim
Consultórios para profissionais da saúde na Granja Viana
(11) 4702-6652 / 4702-6781 contato@espacosaudegranjardim.com.br

De maneira geral, a ida ao urologista está condicionada ao surgimento de sintomas até a idade adulta. A maioria das Sociedades Médicas aponta que o rastreamento do câncer de próstata deve ser realizado após os 50 anos de idade na população em geral e aos 45 anos em homens com fatores de risco associados, como histórico familiar do câncer de próstata e em pacientes da raça negra, onde o câncer pode ser mais precoce e agressivo.

Apesar de não existir recomendações diretas é comum a ida de pacientes ao urologista antes do início da atividade sexual. Muitos destes adolescentes buscam informações sobre as questões ligadas a atividade sexual, e neste momento se faz importante, pela consulta com o urologista, a introdução sobre conceitos ligados aos cuidados de saúde e prevenções de doenças sexualmente transmissíveis. Outra época onde é comum a busca ao urologista é para a realização de exames pré-nupciais, que incluem normalmente o espermograma e rastreamento de DSTs.

O urologista deve se colocar como um profissional com contato direto com a população masculina e desta forma orientá-lo na realização de exames preventivos, mesmo aqueles não relacionados aos sintomas urogenitais, orientando inclusive a ida a outros profissionais quando necessário. Também é importante ter em mente que alguns sintomas urológicos, como por exemplo, a disfunção erétil pode ser o reflexo de condições sistêmicas, como a hipertensão, insuficiência renal ou diabetes e devem ser pesquisados com rigor.

Os avanços da medicina podem ser considerados significativos, entretanto, só podem favorecer os homens que visitam regularmente os médicos com periodicidade, antes de estarem sentindo que a saúde está comprometida. O primeiro passo é a prevenção de qualquer tipo de doença. O urologista é o profissional médico capacitado a lidar com as questões masculinas em todas as faixas etárias e pode ser considerado o médico do homem, em comparação ao ginecologista com relação à mulher.